O novo normal: a atual perspectiva para o Recrutamento e Seleção

O primeiro passo para a maioria dos processos seletivos é a candidatura. Por mais simples que essa etapa possa parecer, existem muitos detalhes que são negligenciados.
A primeira e mais importante dica é ler com atenção os requisitos da vaga. É fundamental se candidatar às oportunidades alinhadas ao seu perfil – e isso envolve requisitos técnicos, comportamentais e até mesmo a própria localidade da vaga.


A segunda dica, é saber se apresentar nas candidaturas, escrever um bom e-mail, não cometer erros de português e conferir o anexo – já recebemos muitos boletos no lugar de currículos, acredite!


A etapa seguinte é a triagem dos currículos, onde as experiências são o ponto mais importante. Ou seja, como você descreve as funções que desenvolve ou já desenvolveu. A coerência das datas é um fator de suma importância, pois traz clareza e credibilidade para o currículo. O resumo, se bem escrito, é um diferencial, já que é um espaço para falar sobre competências que nem sempre são descritas nas experiências. Por fim, informações de contato, referências e a foto são relevantes para que um currículo seja mais atrativo.


O quarto passo do processo seletivo é o contato inicial com o candidato. Esteja sempre atento ao seu telefone, e-mail e WhatsApp – muitos candidatos demoram demasiadamente para dar um retorno ou não atendem o celular. Além disso, seja educado e simpático para não parecer desinteressado.


E o mais importante: seja honesto sobre seu interesse na vaga. Caso tenha desistido de participar da seleção ou tenha acontecido algum imprevisto, lembre-se de avisar o recrutador. Nada é mais deselegante do que marcar e não comparecer à entrevista.


Chegamos, então, à etapa mais importante de todas: a entrevista! Em decorrência da pandemia, os processos seletivos estão sendo realizados de maneira online – e o que muitos candidatos não sabem é que eles precisam se preparar tanto quanto para uma entrevista presencial.


Roupa, cabelo, maquiagem e ambiente necessitam estar alinhados e é essencial testar o link da chamada de vídeo, os fones, o enquadramento da câmera e fazer a entrevista em um local silencioso. Além de todos estes detalhes, o principal é que você esteja preparado, saiba para qual empresa é a vaga, tenha pesquisado sobre ela e focar nas atividades e requisitos da vaga. O objetivo é mostrar que você está apto para assumir a oportunidade.


Nathalia Mota Souza Milani – Analista de Recursos Humanos na Expertise – Gestão de Pessoas, pós-graduada em Neuropsicologia, apaixonada por esporte, torcedora do são Paulo F.C e fascinada por pets.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.